Conhecendo o Mundo do Café.

Atualizado: 3 de dez. de 2021

Vamos conhecer os cafés mais caros do mundo: 8 opções caríssimas.


Como o café tem variações de suas misturas, com receitas tão diversificadas quanto a criatividade permite, é claro que existem tipos que compõem o bolso dos mais curiosos

São os cafés mais caros do mundo.


O que pode encarecer tanto um grão de café?


Muitas pessoas acham estranho que alguns grãos de café possam ser tão caros, tendo em vista o valor geralmente encontrado no mercado.

O que os diferencia dos grãos que encontramos nas prateleiras é justamente o que os encarece: a sua produção – e, em alguns casos, a logística de entrega e armazenamento.

Alguns são plantados nas altas montanhas de países tropicais, outros passam por processos digestivos dos animais certos, que liberam enzimas responsáveis por acentuar o sabor e incluir, em muitos casos, nuances diferentes.

O que torna tudo isso possível para que determinados tipos da bebida sejam apreciados por quem pode.

Sabe por quê? Porque esses são os 8 cafés mais caros e famosos do mundo.

Acompanhe as publicações que estaremos postando sobre curiosidades do CAFÉ.


Quais são os Cafés Mais Caros do Mundo?


Fizemos uma listinha com alguns dos mais famosos e também mais caros para você tirar todas as suas dúvidas agora.

Cuidado, não se assuste com os valores cobrados.


1- Kopi Luwak

Produzido na Indonésia, o Kopi Luwak é um café produzido dentro de um mamífero! Sim, você leu certo.

Uma civeta, pequeno animal que lembra um guaxinim, ingere os grãos de café e o resultado disso cria o grão especial.

A diferença dessa corajosa fermentação é que dentro desse animal o grão de café ganha nuances frutadas, e após a sua excreção e higienização, ele é vendido por quase USD 3.000,00 o quilo

Infelizmente, a origem desse café causa um mal às civetas, que tem sido muito exploradas para que turistas conheçam a “origem” do Kopi Luwa

Fonte e imagem Reviewcafé



6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo